• 1.png
  • 3.png
  • 4.png
  • 5.png
  • 6.png
  • 7.png
  • 8.png
  • pe2.png



Páscoa: ápice da vida cristã


Com a celebração da Quarta-feira de Cinzas iniciamos um itinerário em preparação para a Páscoa, que é o ápice da vida cristã. Este tempo em que chamamos de Quaresma é um tempo forte de conversão, penitência, revisão de vida e momento de renovar nossos compromissos de batizados. Mergulhados na infinita misericórdia de Deus, buscamos a conversão do nosso coração como proposta de vida. E neste ano de 2017 somos chamados a refletir sobre o tema da Campanha da Fraternidade: Biomas brasileiros e defesa da vida, que nos interpela mais uma vez para que sejamos cultivador e guardador da obra criada por Deus. “Cultivar e guardar a criação”, nasce da admiração! Da reverência diante da criação.

 

Tríduo pascal: Da doação total à vida plena.

 

Quinta-feira Santa - Dia do mandamento novo; do ministério da doação; do Lava-pés. Jesus, o Mestre, deu testemunho do que dizia, manda amar a todos, ensina que é no lavar os pés: sujos, descalços, pobres, que se identificam os seus seguidores. Na missa desta tarde-noite, antecipa-se a entrega total na doação eucarística (Última Ceia). Tudo nesta Ceia-doação nos leva à descoberta do amor. É nesta missa que se inicia o Tríduo Pascal.

 

Sexta-feira Santa – Amor levado ao extremo; entrega; sofrimento; morte.

 

É a Sexta-feira da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, é Ele mesmo que nos repreende, nos indaga: "Povo meu, o que Te fiz?", e a Igreja clama: "Deus Santo, Deus forte, Deus Imortal, tende piedade de nós".

 

Sábado Santo - Saudade; esperança; vigília; luz; Vitória; Vida Nova. 
Começamos o Sábado lembrando aquele que jaz no sepulcro. A manhã deste dia ainda é de recolhimento. Mas fica sempre aquela certeza, aquele gostinho de esperança que brota do mais profundo da alma.

 

A tarde chega, a noite cai. É hora da Vigília das Vigílias, como dizia Santo Agostinho, da luz das luzes, do poder da vida sobre a morte. Afinal, ressuscitado e vivo é o nosso Deus. É por isso que esta noite é tão cheia de significados e de símbolos: Liturgia do fogo e da luz; Liturgia da Palavra; Liturgia Batismal e Liturgia Eucarística. Somos, com Cristo, ressuscitados para uma vida nova; somos banhados na pia batismal como homens novos, porque “ele vive e podemos crer no amanhã”; somos povo que caminha rumo, não mais a terra prometida, mas rumo ao Reino dos céus.

Finalmente, no Sábado Santo a terra toda que estava em silêncio e solidão, exulta de alegria e adora Aquele que venceu a morte. Está vivo em nosso meio. Aleluia!

Responsável Benedita Jovelina França da Silva - PL

Arquivos Para Download


Nenhum Arquivo Cadastrado.