• 1.png
  • 3.png
  • 4.png
  • 5.png
  • 6.png
  • 7.png
  • 8.png
  • pe2.png



Equipe Diocese São Luíz


Pe. Vylson Barbosa da Silva




Ordena??o Diaconal: 1987-12-12
Ordena??o Sacerdotal: 1988-07-02
E-Mail:
Idade:63anos
Endereço:
Telefone:
Paróquia: Paróquia Nossa Senhora do Livramento





BIOGRAFIA



No ano de Nosso Senhor Jesus Cristo de 1936, se uniram em matrimônio, José Barbosa da Silva e Juracy Barbosa de Souza que, sob as graças de Deus receberam 11 filhos: Maria José, Francisco, Maria Inês, Valdomiro, Valdemar, Valdivino, José Cloves, Maria Luiz, João Francisco, Vylson e Romário. Vylson é o décimo filho do casal, e nasceu no dia 21 de janeiro de 1956 no Córrego do Bronco, em Itacambira (cujo nome quer dizer: Pedra pontuda que sai da mata fechada), interior de Minas Gerais.



Vylson Barbosa da Silva, nasceu para Deus pelo batismo no dia 16 de junho de 1957, pelo cônego Estanislau na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição em Montes Claros (MG).



Mineiro e migrante



Com toda a família, e com a cara e a coragem, José e Juracy botaram o pé na estrada. Mudaram-se para Nova Cananã, interior de São Paulo, aonde o pequeno Vylson iniciou os seus estudos com 09 anos de idade. Em 1967, mais uma vez a família pega a estrada. O destino desta vez é o Mato Grosso,  na cidade de São José dos Quatro Marcos (MT).



Vylson foi crismado pelo Bispo Diocesano D. Máximo Biennès. Os estudos sempre fizeram parte das prioridades da família, assim como a religião, e com 13 anos concluiu a 4ª série.



Em 1975 completou seus estudos ginasiais, e sentindo-se já chamado por Deus, ingressou na Congregação “Maria”,  na acolhedora Quatro Marcos, comunidade onde sua família sempre viveu. O 2º grau em auxiliar de escritório estudou na Escola Deputado Bertoldo Ferreira, em 1979.



É preciso se preparar para o compromisso



Sentindo que a vocação sacerdotal falava forte em seu coração, Vylson entrou para o Seminário Maior “Maria Mãe da Igreja”, em Campo Grande (MS), aonde cursou, na FUCMAT (Faculdades Unidas Católicas de Mato Grosso), filosofia (1980), um dos cursos importantes na preparação para o sacerdócio.



Ao terminar o curso de filosofia, era preciso continuar a preparação para o futuro ministério na igreja. Logo em seguida, fez um  estágio de um ano em Glória D'Oeste (MT), e então volta ao seminário para o curso de Teologia (1986), agora no ITEO (Instituto Teológico do Extremo-Oeste), também em Campo Grande (MS).



Fez um pequeno estudo na área da parapsicologia com o professor Sidney de Morais e Professor Sérgio Roberto Vieira, na mesma Cidade Morena, como é conhecida Campo Grande, em 1982. Neste mesmo ano, fez também um curso da Pastoral da Criança em Cuiabá (MT).



 Os primeiros ministérios, o diaconato e o sacerdócio Ultimando os seus estudos, e como é de praxe, Vylson recebe o Ministério de Leitor no dia 28 de março de 1987, e também neste mesmo ano recebeu o Ministério de Acólito, no dia 08 de dezembro. Já comprometido com os ministérios da igreja e consciente da sua missão, Vylson recebe a ordem do Diaconato.



E a grande festa está reservada para o dia 02 de julho de 1988: a cidade de Quatro Marcos, sob as ordens de Pe. Georges Martin, e a colaboração de centenas de lideranças leigas, o então Diácono Vylson Barbosa da Silva recebe das mãos de D. Máximo Biennès, o Sacramento da Ordem.



Recém ordenado, Padre Vylson assume sua primeira paróquia em Reserva do Cabaçal ( MT), onde foi pároco de 1988 a 1992 na Paróquia Bom Jesus. Em 1993 foi nomeado vigário de Mirassol D'Oeste, também no Mato Grosso, na Paróquia Nossa Senhora Aparecida. Nesta ocasião fez curso de Formação Permanente de Presbíteros em Brasília (DF).



 Sacerdote para a vida missionária



Agradecido pelo seu trabalho e feliz porque tudo corria bem, Deus lhe prepara uma nova experiência. Era uma transferência para Manaus (AM). Padre Vylson aceita essa transferência como um novo chamado de Deus, e assume como vigário, os trabalhos da Paróquia Santa Tereza na Cidade de Tefé, no interior do Amazonas.



Em 12 de abril de 1996 foi aprovado em exame oral pela marinha Regional de Convés pelo Ministério da Marinha de Tefé. Neste mesmo ano, participou do Encontro de Casais Missionários nesta mesma cidade. Em 1996 também, trabalhou como vigário na Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, na localidade de Fonte Boa (AM).



De volta para o Mato Grosso, no dia 25 de outubro de 1996, foi nomeado pároco de Rio Branco (MT), na paróquia São Roque e tomou posse em fevereiro de 1997. Na cidade de Rio Branco (MT), participa do Cursilho de Cristandade no qual vem dando acompanhamento até hoje.



          Padre e cantador das belezas regionais



Em 2003, foi transferido para a Paróquia Cristo trabalhador, na cidade de Cáceres (MT), e no dia 03 de janeiro de 2003, com a celebração da Santa Missa e uma presença bastante grande de fiéis, ocasião esta em que foi feita a leitura da ata empossando-o para mais uma missão. Ali trabalhou com a Pastoral da Terra, a Pastoral Carcerária e da preservação, assim como todos os demais serviços, pastorais e ministérios da igreja.



Padre Vylson realizou muitos trabalhos, em vários lugares e, em Rio Branco, dois trabalhos a mais vieram para somar: a Pastoral Familiar e a gravação do seu 1º CD “Evangelizando nas culturas” (1997), o qual foi lançado com a presença e apoio de todos os amigos, irmãos e querido povo de Rio Branco. Além desse CD, ele lançou mais quatro outros, sendo o último na cidade do Porto Esperidião, em 2009, cidade onde trabalha já há alguns anos.



Falando em Porto Esperidião, a sua posse nessa cidade se deu no dia 05 de fevereiro de 2009, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na Celebração Eucarística numa noite de grande alegria. Há 04 anos na cidade do Porto Esperidião, tem se dedicado a todos os trabalhos da Igreja, demandada pela realidade de seu povo, inclusive a reafirmação das Comunidades Chiquitanas, a demarcação de suas terras, resgates de suas culturas, crenças, danças e dignidade.