• 1.png
  • 3.png
  • 4.png
  • 5.png
  • 6.png
  • 7.png
  • 8.png
  • pe2.png



Equipe Diocese São Luíz


Pe. Adão Francisco




Ordena??o Diaconal: 1995-12-17
Ordena??o Sacerdotal: 1996-02-02
E-Mail: novalacerda@diocesedecaceres.com.br
Idade:61anos
Endereço: Rua Nova Lacerda,113, Q. 25, L. 01- Nova Lacerda-MT 78.243-000
Telefone: (65) 3259-4145
Paróquia: Paróquia Nossa Senhora do Carmo, Nova Lacerda - Pároco: Pe. Adão Francisco





BIOGRAFIA



Adão, o primeiro Filho



O menino Adão nasceu no dia 26 de março de 1958 em Mendes Pimentel (MG), filho de Geraldino Estácio Ferreira e de Maria Zeferina de Jesus. É o primeiro filho do segundo casamento de seu pai, que teve 11 filhos. Recebeu de seus pais boa formação cristã. Desde muito pequeno, já tinha uma vida voltada para a igreja, e aos 15 anos, iniciou seus trabalhos na comunidade como Catequista e no Grupo de Jovens.


Vida de migrante




Em 1977, deixou sua terra natal com destino ao Mato Grosso, em busca de melhoria financeira para a família. No mês de setembro, Adão e toda a família chegam em Jauru (MT). Trabalham arduamente e incansavelmente na roça por quatro anos consecutivos. No ano de 1978 inicia seu trabalho Pastoral na Catequese, Boa Nova, Terço em Família e outros trabalhos. No decorrer do tempo foi sentindo a necessidade da Igreja e no final de 1981 manifestou o desejo de fazer uma experiência vocacional. Em 1982 ingressou no recém-inaugurado Seminário Menor em Jauru, na intenção de descobrir a vocação a que tanto se sentia inclinado.



A vida era dura, muito trabalho e desafios, os estudos não foram fáceis, pois havia mais de 10 anos que não frequentava a sala de aula, mas pela graça de Deus, oração, muito esforço, apoio do reitor do Seminário e Pároco Pe. Nazareno Lanciotti e da Comunidade, venceu a primeira etapa e completou o Ensino Médio. 


Em busca do sacerdócio


Em 1989, aos trinta anos, inicia o Ensino Superior em Campo Grande (MS). Na FUCMAT (Faculdades Unidas Católicas de Mato Grosso), faz o curso de Filosofia (3 anos) e no ITEO (Instituto teológico do Extremo-Oeste), o curso de Teologia (4 anos). Nova realidade e novos desafios.


No mês de dezembro de 1995 terminou seus estudos. No dia 17 de dezembro desse mesmo ano foi ordenado Diácono em Figueirópolis D'Oeste, e no dia 2 de fevereiro de 1996 na Paróquia Nossa Senhora do Pilar, em Jauru, sob as mãos de Dom Paulo Antonio de Conto, recebeu a Ordenação Sacerdotal. No dia 24 de fevereiro de 1996 toma posse como Pároco na Paróquia Bom Jesus em Reserva do Cabaçal. Trabalha como Pároco por quatro anos e Vigário na Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima em Araputanga com o Pe. Ermínio Celso Duca.



Reitor do Seminário e Pároco da catedral


No ano de 2.000, foi nomeado reitor do Seminário Menor “Bom Pastor” da Diocese, agora existente na cidade de Cáceres. Trabalhou no seminário até 2009. Em maio de 2002 foi escolhido por Dom José Vieira de Lima para ser Pároco na Catedral, cargo esse exercido até janeiro de 2010. No dia 31 de janeiro de 2010 toma posse como Pároco na Paróquia Nossa Senhora do Pilar em Jauru, onde continua atuando até a presente data.


Lema da Ordenação Sacerdotal



“Não tenhas medo estarei contigo todos os dias'' (Mt 28,20) A vida do cristão é um constante desafio, pois desde quando a pessoa toma consciência e decide aceitar a proposta salvadora de Jesus, torna-se possível deparar com muitas dificuldades, perseguições e provações. Olhando a história de família, pessoal e profissional pode-se dizer que a vida não tem sido tão fácil, mas com a força da oração, vida sacramental, a presença constante de Nossa Senhora faz com que tudo se torne muito mais generoso e possível. Quem faz uma experiência profunda de Deus, tem a certeza da superação de todos os momentos difíceis da caminhada, comprovando assim, o que diz Jesus: “Eis que estou com vocês todos os dias.”



Ser padre é um dom de Deus, é benção imensurável na vida da pessoa. Hoje dá para entender em boa parte o valor, o sentido profundo, pessoal e comunitário deste Ministério. Claro que agora sabemos que há um tempo para tudo como diz a Sagrada Escritura, mas muitas vezes temos perguntado: “Por que não fiz essa experiência há mais tempo? Consciente de tudo que há passado e que poderemos passar de provações e desafios, sabemos que já valeu a pena o ser padre e valerá a pena ouvir o chamado de Deus e colocar-se a serviço do Evangelho de Jesus, sem medo e confiante na sua proposta que diz também “Quem perseverar até o fim, será o vencedor”. Obrigado Senhor e continue abençoando os Sacerdotes da tua Igreja. Obrigado também pelo meu chamado.