• 1.png
  • 3.png
  • 4.png
  • 5.png
  • 6.png
  • 7.png
  • 8.png
  • pe2.png



COMUNIDADES ECLESIAIS DE BASE (CEBs)


Plano Diocesano de Pastoral 2016/2020

 

Histórico

 

   Pistas - As CEBs se inspiram nas experiências das comunidades dos Atos (2,42ss e 4,32 ss). Medellín reconheceu nelas as células iniciais de estruturação eclesial e foco de fé e Evangelização (DA 178): "A comunidade cristã de base é, assim, o primeiro e fundamental núcleo eclesial, que deve, em seu próprio nível, responsabilizar-se pela riqueza e expressão da fé, como também do culto que é sua expressão. Ela é, pois, célula inicial da estrutura eclesial e instrumento reconhecido de Evangelização em meio tantas outras formas válidas de pequenas comunidades". (DGAE, 2015-2019)

 

   As comunidades eclesiais de base têm como características: ser constituídas de poucos membros; têm a Palavra de Deus como primeira inspiração; vivem constantemente a partilha entre seus membros; vivem e celebram a Eucaristia. Elas também devem ser um lugar onde o pobre se sinta em casa, e os seus dons sejam valorizados. A comunidade eclesial de base é um grande terreno fértil de cultivação de lideranças, onde o "doutor" e o lavrador têm vez e têm voz.

 

   A missão das comunidades eclesiais de base é: anunciar Jesus de Nazaré e o Reino de Deus a todas as pessoas do mundo inteiro, sobretudo, aos mais pobres e excluídos da sociedade; é também ter o "olho na Palavra, e olho na vida", ou seja, transformar fé em vida.

 

   É oportuno lembrar que a opção preferencial pelos mais pobres, não é somente de quem vivencia a espiritualidade das comunidades eclesiais de base, mas, sim, de todos que tem Jesus de Nazaré como seu Salvador e Libertador.

 

   Este antigo e sempre novo jeito de ser Igreja, agora revigorado pelo Pontificado do Papa Francisco, nos chama a "sair". Mas nós não estamos saindo como quem não tem história e nem alicerce. Muitas pessoas já contribuíram, para que as nossas alegrias e esperanças não morressem.

 

   Em nossa Diocese essa experiência valorosa de Igreja tem um longo caminho percorrido com muitos homens e mulheres, jovens e crianças que já percorreram e beberam nesta fonte de espiritualidade. Em 1970 os pioneiros das comunidades eclesiais de base estiveram presentes na Assembleia Diocesana de Pastoral, e elaboraram um roteiro para a organização, desenvolvimento e fundação de comunidades em nossa Diocese. Aliás, os membros das comunidades eclesiais são e devem ser apaixonados por suas comunidades, e por isso devem fazer o possível e impossível para permanecer nas mesmas.

 

   Como Diocese, as comunidades eclesiais de base já participaram, de vários encontros intereclesiais em vários Estados Brasileiros. Em nível regional, também, a participação foi muito expressiva em todos os congressos realizados. Em nossa Diocese, a experiência de encontros das comunidades vem sendo um novo Pentecostes para nossa Igreja particular. É nesses encontros que nós nos fortalecemos ainda mais para a missão.

 

   Seguindo a rica e histórica tradição da nossa Igreja particular, e sob a orientação da Palavra de Deus, e à luz da Santíssima Trindade, surgiu a brilhante ideia de retomar os „grupos de reflexões‟ que a cada dia vêm se tornando instrumentos férteis de evangelização em nossa Diocese. E isso se pode dizer graças a Deus e as comunidades eclesiais de base. A cada encontro, a cada reunião, a cada missão popular as comunidades se fortalecem no seguimento a Jesus Cristo, o bom Pastor.

 

   Os trabalhos sempre visam unir „fé e vida‟, sobretudo nas realidades sociais onde se encontram os mais excluídos. O lema das comunidades eclesiais é sempre: „orar e trabalhar‟, „celebrar e pastorear‟, isto é, "intra e extra", na animação da comunidade e na vida social e política, realidades marcadas por tantas contradições.

 

   Objetivo: Evangelizar a partir de Jesus de Nazaré, buscando a integração do povo de Deus numa comunidade de fé, solidária e comprometida com as realidades temporais, unindo sempre fé e vida, tendo como opção preferencial os pobres, e testemunhando um sempre novo jeito de ser Igreja „em estado permanente de missão‟.

 

Linhas de ação:

 

1.   Participar do Conselho Diocesano de Pastoral e celebrar com a pastoral de conjunto da Diocese, buscando, permanentemente, a comunhão com o bispo e toda a Igreja local.

 

2.    Promover encontros (ampliadas), cursos, seminários, retiros, congressos e assembleias nas comunidades, nos setores e também em nível diocesano, visando a integração, a formação e o fortalecimento das lideranças.

 

3.  Fortalecer, implantar e incentivar o grupo de reflexão em toda a Diocese como forma de continuidade das Santas Missões Populares.

 

4.   Promover formação de fé e política e incentivar os leigos/as a serem sal e luz na Igreja e na Sociedade à participação nos Conselhos Municipais de Direitos.

 

 

Anderson Batista Redez (Pe. Devair Braga Caldeira) 

Rua dos Jacarés, 806 - Bairro DNER - Cáceres MT - CEP: 78200-000

Tel: (65)99946-8555 / (65)99919-2311 (Pe. Devair)

e-mail: cebs@diocesedecaceres.com.br / anderson.b.redez@gmail.com

Artigos
Nenhum Evento Cadastrado.
Eventos
Nenhum Evento Cadastrado.
Donwloads
Nenhum Arquivo Cadastrado.