• 1.png
  • 3.png
  • 4.png
  • 5.png
  • 6.png
  • 7.png
  • 8.png
  • pe2.png



Serviço de Animação Vocacional - SAV


Plano Diocesano de Pastoral 2016/2020

 

        O SAV se propõe estimular a dimensão vocacional de todo batizado. A nomenclatura Serviço de Animação Vocacional (SAV) deu lugar à Pastoral Vocacional a partir do Congresso Vocacional do Brasil, em 1999. A tarefa do SAV é promover um trabalho integrado das forças vivas da paróquia pela oração e serviço de animação vocacional, a fim de ajudar o fiel-cristão a discernir o chamado do Senhor e sua missão.

 

Objetivo

 

   O SAV visa despertar para a vocação humana, cristã e eclesial, discernir os sinais indicadores do chamado de Deus, cultivar os germes de vocação e acompanhar o processo de opção vocacional consciente e livre (Doc. 55 da CNBB. Formação dos Presbíteros do Brasil, no 27).

 

Linhas de ação

 

  As linhas de ação que favorecem um trabalho integrado são:

 

1.   Participar do Conselho Diocesano de Pastoral e colaborar com a Pastoral de Conjunto da Diocese;

 

2.     Promover a dimensão vocacional, implantando equipes nas paróquias e comunidades que incentivem a oração e o serviço pelas vocações e ministérios;

 

3.    Suscitar o estudo de documentos, textos e subsídios para a capacitação de animadores (as) vocacionais;

 

4.  Favorecer os ministérios dos cristãos leigos, nas comunidades;

 

5.  Priorizar o despertar vocacional na família, reconhecendo que ela é  o berço das vocações;

 

6.  Suscitar a integração das pastorais: familiar, catequética, juvenil, escolar e universitária;

 

7.   Capacitar catequistas para a dimensão vocacional da catequese, despertando para os ministérios e o engajamento eclesial;

 

8. Relacionar-se com os institutos de vida consagrada a fim de suscitar a consciência do valor das vocações de especial consagração;

 

9.    Ter como critério para a aceitação nos seminários e casa de formação, os jovens acompanhados pela comunidade e o SAV;

 

10. Enfatizar a dimensão vocacional no Ano Litúrgico;

 

11. Focalizar na educação, o chamado à vida, a ser pessoa, a ser cristão engajado na sociedade e nos diferentes ministérios;

 

12. Divulgar na mídia a questão vocacional.

 

Disposições Gerais

 

2014 foi o Ano Vocacional da diocese, promovido para incentivar o SAV nas paróquias. Foi um ano rico de iniciativas vocacionais. A partir daí, o reitor do Seminário Menor, assistente espiritual do SAV, passou a ser liberado nos fins de semana para apoiar as paróquias.

 

A equipe diocesana e paroquial do SAV é coordenada por um casal, e integrada por representantes da Pastoral Familiar, Juvenil, CRB - religiosas(os), apoiados por uma secretaria e uma tesouraria.

 

Nos encontros e iniciativas regionais e nacionais do SAV haja representação diocesana do SAV diocesano.

 

Organização nas Paróquias

 

   O pároco é o primeiro responsável pelo SAV, apoiado pelo vigário, religiosas(os) e coordenações.

 

   O SAV reúne e forma os responsáveis, realiza encontros, prepara o mês vocacional, as celebrações vocacionais, acompanha os vocacionados, visita suas famílias, representa a paróquia nos encontros diocesanos, com o pároco encaminha os (as) jovens para os encontros vocacionais na diocese e nas congregações, acompanha os seminaristas no seminário, e as meninas no postulantado e noviciado, apoiando-os em suas necessidades, incentiva à participação em ordenações e votos (perpétuos ou temporários), reúne mensalmente a equipe para organizar eventos e celebrações vocacionais, promover orações pelas vocações, celebrar o dia mundial de oração pelas vocações (4º Domingo da Páscoa – Bom Pastor), celebrar os aniversários de ordenação, profissão religiosa e os jubileus (de prata e ouro).

 

   Encontro vocacional paroquial: cabe ao pároco, casal coordenador, representantes das pastorais, movimentos e serviços e religiosas (os), programar e executar encontros vocacionais na paróquia, ao menos um por ano, em agosto, para meninos e meninas, especialmente catequizandos da pré-crisma e crisma;

 

   Para aqueles que demonstram vontade de ser padre, religioso (a), ou missionário (a), encaminhar para encontros vocacionais da Diocese.

 

Organização na Diocese

 

   O bispo é o primeiro responsável pelo SAV, na diocese.

  A equipe do SAV diocesana reúne a equipe, organiza, coordena e executa, com o reitor do seminário e representantes das pastorais, movimentos e serviços os seguintes serviços:

   - Eventos e encontros vocacionais da diocese, o mês vocacional na diocese, momentos de oração pelas vocações (dia mundial de oração pelas vocações – 4º Domingo da Páscoa, o Bom Pastor), formas de celebrações vocacionais às paróquias, divulgação de documentos sobre vocações, acompanhamento dos vocacionados junto com a equipe, visita às famílias dos seminaristas com a equipe paroquial, representação da diocese nos encontros do regional, encaminhamento, junto com o reitor, dos (as) jovens para seminários maiores ou institutos de vida consagrada, acompanhamento dos seminaristas no seminário, e as meninas no postulantado e noviciado, em suas necessidades; presença nas ordenações e votos (perpétuos ou temporários); reunião, ao menos duas vezes por ano, para organizar os eventos, encontros vocacionais e celebrações referentes ao SAV, atenção aos aniversários de ordenação, profissão religiosa e aos jubileus (de prata e ouro).

   Convivência – é o encontro vocacional diocesano programado, executado e avaliado pelo SAV, coordenado pelo Reitor do Seminário Menor, e assessorado por seminaristas do Seminário Maior.

 

São dois tipos de ‘’Convivência‟:

a)  Para o Seminário Menor, os aspirantes a padres diocesanos;

b)  Para casas de Congregações Religiosas, aspirantes à vida religiosa.

 

 

Pe. Edinaldo Silva Rosa

Tel: 99928-1276

e-mail: sav@diocesedecaceres.com.br

Artigos
Nenhum Evento Cadastrado.
Eventos
Nenhum Evento Cadastrado.
Donwloads
Nenhum Arquivo Cadastrado.